02/11/10

que puto de mundo é este?

Este mundo é injusto.
 
Há pouco mais de um ano, senti que podia ter perdido o meu pai, num assalto brutal, que deixou um rasto de destruição. Física. Psicológica. Um cenário dantesco. Como nunca tinha visto e nunca imaginara possível no nosso país.
O prejuízo. Pois. O prejuízo ficou com o meu pai. Com alguém que trabalhou sempre. E que pertinho da reforma, teve que recomeçar do zero. Se é que o que ele faz hoje, se pode chamar recomeçar.
 
Esta madrugada foram os meus tios. Supostamente protegidos num centro comercial. Sinceramente não sei que rumo leva esta mundo. Mas tenho medo. Vejo maldade a cada dia. Vejo os que lutam e trabalham, ficar sem nada. Vejo quem rouba e vive dos rendimentos, viver cada vez melhor. E a impunidade. E leveza com que se fala destas coisas.
 
E que mundo é este onde vai crescer a minha filha? Que mundo é este?
 
Alguém disposto em emigrar para uma ilha? Viver com menos, ainda que com algum conforto? Longe desta chamada civilização?
 
 

6 comentários:

Gambozina disse...

Lamento. Lembro-me perfeitamente de me arrepiar (mesmo sem conhecer ninguém envolvido pessoalmente) com o caso do teu pai há um ano atrás quando o relataste aqui. Porque todos nós temos pais, maridos, pessoas de quem gostamos e a qualquer momento toca-nos a nós. Que mundo!!

Dinastia FilipiNHa disse...

Olha amiga, é um mundo que me mete medo...

Que tristeza...

Um beijinho grande.

pamgvb disse...

eu vou contigo amiga. este nao é o mundo onde quero que a minha filha cresça!!!

Mamã da Caroxinha disse...

Puxa Patrícia lamento muito...vi a notícia na tv e fiquei boquiaberta como em pelo shopping que eu bem conheço puderam fazer o assalto!!
Nem tenho palavras,apenas lamento muito que os teus tios tenham de passar por isto :-(
Beijo

MARIINHA disse...

Acho que era essa a notícia que vi na TV assim por alto à hora do almoço. Realmente isto está cada vez pior. Muita insegurança a todos os níveis. Não sei onde isto irá parar. Em que mundo irão crescer as nossas crianças.
Mas temos de ter alguma esperança.
Beijinhos e oxalá os teus familiares recuperem o que lhes foi roubado. Bjs

Mami ( Sónia ) disse...

Quando fores avisa que vou contigo.
Passa uma pessoa a vida a trabalhar para esses malandros para não dizer pior, virem e tiram tudo em segundos. não existe justiça.