11/03/11

era uma vez

Um jovem rapaz. Que entrou de mansinho. Que falava com delicadeza. Que tinha formação. Que era educado. Que se achava superior. Que não tinha nenhum conhecimento fantástico, mas que falava como se tivesse. Que tinha expectativas de profissionalmente subir na escada. No matter what. Valia tudo. Que em tempos de mudança bateu o pé e ameaçou fugir se não lhe dessem alguém em que mandar. E deram. E mandou. Mal. Se é que mandou. E que na ilusão da sua superioridade não viu o que estava para vir. E hoje deixa de haver escada para subir.

E eu não tenho pena nenhuma. What goes around, comes around.


"Quando eu sou boa, sou muito boa. Mas quando eu sou má, sou melhor ainda." - Mae West

4 comentários:

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

É mesmo assim Patrícia. Mais uma em que penso exactamente como tu! Ou melhor, cada um faz a caminha onde se deita!
Bjs

Mami ( Sónia ) disse...

É assim mesmo! Cada um escolhe o caminho que quer seguir, e depois tem mais é que aguentar.

Vintenso disse...

3 palavras pra ti:
Má zi nha.

:D

Dinastia FilipiNHa disse...

É mesmo isso: what goes around comes around! Mai nada!

Bjs