02/02/12

2 anos, 6 meses e 1 dia depois

hoje acordei com a pior das notícias. Uma sms do meu irmão dizia que tinham tentado assaltar o meu pai, mas que estava tudo bem. O meu coração disparou. Já tinha visto este filme. Não consegui sequer chorar. Liguei. Recusou. Recebi sms a dizer que estava na PJ com o meu pai. Liguei à minha mãe. Vesti-me. Chorei. Peguei na Maria já acordada e encontrei a minha mãe. Frágil. Assustada. Triste. Chegou o meu pai e o meu irmão. A cena desta vez passou-me mesmo à porta de casa dos meus pais. Novamente tiros. Novamente agressões. Novamente violência. O meu pai gritou. Muito. O meu irmão estava felizmente em casa. Acordou sobressaltado e correu em direcção à porta. Saiu. Gritou. Os vizinhos que já tinham ouvido os gritos. Os tiros. Devem ter feito barulho. Os filhos da puta assustaram-se e já com o meu irmão novamente dentro de casa, com medo que disparassem na direcção dele, foram embora. Não sem antes disparar mais um tiro. E o meu pai se calar. E a minha mãe pensar que tinha sido desta. Sairam a correr. E eles estavam calmamente. Encapuçados. A entrar no carro. De luzes apagadas. E arrancaram. Se levaram alguma coisa? Não. Mas levaram tudo. O meu pai teve sorte. Uma vez mais. Mas até quando? Até quando...

16 comentários:

D. disse...

Nem sei o que te dizer!! Imagino o susto. Felizmente está tudo bem!!!

Beijinhos grandes nossos!! :)

Anónimo disse...

lamento muito, muito mesmo!
Sabes leio sempre o teu blog, passamos muitas vezes uma pela outra... já te "conheço" aos anos, os nossos filhos fazem anos no mesmo dia (diferença de 1 ano) sendo que o meu é rapaz!
Era só mesmo para te deixar um xi apertadinho de conforto.
e sim sou eu, que passo por ti numa carrinha igual à vossa, para a proxima levanto a mão e digo olá :)

Patricia Leal

Té F. disse...

Que horror Patrícia...ainda bem que o teu pai e o teu irmão estão bem!
Tiros e tudo!? onde é que isto vai parar...cada vez se houve mais falar de assaltos e assaltos com armas de fogo. Ontem vi na SIC: um casal na casa dos 60 iam na rua quando um bandido tentou tirar a mala à esposa e o senhor reagiu, levou logo um tiro e teve morte imediata. O que mais me custou ouvir foi "a VIÚVA está agora a ser ouvida na polícia" :(
Beijinhos

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

Ai Patrícia que desassossego!

Viver assim é um terror, ainda mais desta vez, á porta de casa?! Como podemos viver se nem em nossa casa estamos seguros ?

:(

Anita disse...

que horror.
ainda bem que nao aconteceu nada.
e nao fazem nada a esta gente que faz o que quer, rouba, magoa, mata.
beijinhos e calma

Gambozina disse...

Oh Patricia... Lembro-me tão bem da primeira situação. Não imaginei que pudesse voltar a acontecer. Consigo (quase) imaginar a tua aflição ao ler a sms do teu irmão. E a insegurança inevitavel dos próximos tempos... Um abraço apertadinho.

Claudia disse...

Um xi apertadinho para ti Patricia. Que horror. Ainda ontem me lembrei de ti por causa de uma noticia no telejornal. São demasiados assaltos a ouro e demasiadas lojas a comprar e a vender ouro. E ninguem faz nada. É dificil sossegar o coração assim... Um beijinho e muita força.

Brown Eyes disse...

O nosso país está a ficar um desassossego; nem imagino o susto.
Muita força para todos!

Ju disse...

:( que horror.. nem sei que te diga. Que merda de país, de mundo onde estamos... como é possível tentar arrancar a vida a uma pessoa como se nada fosse? Custa-me acreditar que isto aconteça sem ser em filmes.. :( Espero, do fundo do coração, que nunca mais tal coisa volte a acontecer. Grande beijinho *

Vânia e Mariana disse...

Que horror...nem quero imaginar...jinhos

Sara disse...

Parece que foi ontem que ouvi uma história idêntica contada por ti... :(
Sossega o teu corazãozinho que felizmente não aconteceu nada de grave, mas o sentimento de impotência e de insegurança deve ser enorme!!!
Não imagino o que é reviver esta angústia e o medo de que se possa repetir.
Um abraço apertado!

Melminho disse...

Tenho muita pena do que aconteceu! Era bom que a policia apanhasse esses filhos da mãe!!!
Beijinhos

Dinastia FilipiNHa disse...

Ai amiga, nem imagino o que se sente numa altura destas...

Um beijinho muito, muito grande!

Sorriso disse...

Que horror! Teremos de viver sempre com o coração nas mãos?! Ainda bem que foi só o susto e ninguém ficou magoado. É por estas e por outras que me revolta um bocado o papel da polícia no nosso país. Onde estão eles? Eu ando na rua á noite e não vejo um polícia! Estão onde? sentados no estabelecimento a jogar paciência à espera que as horas do turno passem? Isto é ridículo!!

mari disse...

:(
ainda bem que não passou de um grande susto ... bolas :S
**

© ●TéTé £ XαVιєR● disse...

Meu Deus!!! Nem consigo imaginar tamanha angústia e, ainda que felizmente tudo tenha ficado "bem" a pergunta do "até quando" é inevitável :(

Mas sabes o que mais me indigna, e que contribui para estes roubos desmedidamente? São ao lojas que compram ouro, que não colocam uma única questão sequer a quem o vai lá vender. Resultado: havendo facilitismo na venda incentiva, ainda mais, os ladrões que infelizmente já não se limitam a roubar coisas... roubam a alma, a paz de espírito e, muitas vezes, a vida das pessoas...

Lamento muito por toda a angustia que, mais uma vez, estão a passar.

Beijos
Tété & Xavier