03/05/11

hoje li

"Nunca é demasiado tarde para seres aquilo que devias ter sido "

2 comentários:

Cláudia disse...

Hummmm... Ás vezes penso nisso, e acho que já é tarde....

Mãe Feijoca disse...

concordo!
eu sinto isso mtas vezes. desde o nascimento do afonso deixei de ser um pouco daquilo que era. e isso deve-se a responsabilidade de ter um filho. mas sei que com o crescimento dele e o deixar de ser tao depnedente de mim um dia voltarei a ser quem sempre fui e ter a vida que sempre tive e me fazia mt feliz. com isto nao quero dizer que nao seja feliz, porque sou pelo facto de ele existir na minha vida, mas que sinto falta de algo do passado la isso sinto. mas um dia sem que além de ser mãe irei voltar a ser a pessoa que fui. nunca é tarde para nada!