08/10/09

11



Sem que desse por ela, já lá vão 11 meses desde que olhamos nos olhos uma da outra, princesa. E hoje sei (penso que sempre soube), que sou incomparavelmente mais feliz porque te tenho. Nem tudo são rosas, a minha vida mudou para sempre (e para sempre é muito tempo!), mas tudo vale a pena, quando sorris, quando me abraças, quando, como agora enquanto escrevo, te tentas atirar para o meu colo e dizes ma-mã...

As tuas conquistas são mais que muitas. És uma menina 5 estrelas. Estás crescida. Cada vez mais atenta. Curiosa. Esperta. Cheia de energia. Doce. Irrequieta. Inteligente. Meiga. Simpática. Eu sei que podem parecer palavras de mãe babáda (sou mesmo!), mas tu és tudo isso e mais, muito mais. As palavras são parcas na hora de explicar a alguém que não está contigo regularmente como és. E a verdade é que aqueles que te vêem de longe a longe, se encantam e acabam invariavelmente por comentar com a mamã que és tudo o que conto e mais ainda...

E vives rodeada de amor, princesa! Muito amor. Atenção. Carinho.

Ainda ontem estavas a fazer uma qualquer traquinice em casa e os papás estavam a dizer-te "Nãoo" com voz firme e cara feia e fizeste uma expressão tão engraçada que a mamã teve que virar a cara para o lado para que não visses que me estava a desfazer a rir... Gostava de perceber como sabes fazer estas coisas....

E para mais tarde recordar, aqui fica o registo:

Comes lindamente sopa, pápa, pápa líquida, leite, fruta aos pedaços ou fruta de boião (fruta passada, nada...), iogurtes, queijinhos, massinha, batata cozida, carne aos pedaçinhos e fiambre (o que tu gostas de fiambre - a mamã sabe que deve ser apenas de frango e tentamos ter desse, com baixo teor de sal, mas quando não há outro e vez alguém comer, não há hipótese e temos mesmo que dar-te um pedacinho). Adoras pão e todas as manhãs lá vais com a avó à confeitaria e ficas hipnotizada pela montra do pão e só sossegas quando ele chega às tuas mãos.

Dizes papá, mamã, vovó, vuvú (esqueceste como se diz titi, mas vamos voltar a insistir), au-au (que serve para todos os animais). Quando te dizemos um, dois... respondes... té!!! E ris a bom rir!

Adoras música (toda a música!) e começas logo a abanar a cabeça, a levantar o rabiosque e braços para o ár a dançar. Como cismas em andar em bicos de pés, corre o rumor que serás bailarina... Será?!

Quando dizemos: Maria diz para o x ter juízo... vais com a mãozita à cabeça e bates... Quando te pedimos que digas para alguém ter calma, levantas o braço, mão bem aberta e dizes ah!

Dizes adeus a toda a gente e mais alguém!

Sabes perfeitamente quem é toda a gente e se dizemos um nome, procuras imediatamente a pessoa com o olhar. A Guida e o Simão são os teus heróis de 4 patas.

Tens um dentinho lindo em baixo (já temos fotos e fica prometida para breve) e o do lado está para breve (dizemos nós...)

Dormes bem. Birras só mesmo para dormir durante o dia, que ninguém te pára e não tens botão de desligar.

Imitas o avô a tossir, aliás as imitações agora são o teu forte. Qualquer som, vale.

Assobias, bates palmas, sabes de cor a coreografia da música das doidas, doidas, doidas andam as galinhas e quando queres que a cantemos é ver-te de braços no ar a girar as mãos abertas. A pitinha põe o ovo também já sabes há muito tempo. Graças ao canal Panda, passaste a adorar ouvir cantar os parabéns e ficas deliciada.

Gatinhas por toda a casa e já percebemos que temos que mudar com urgência o cesto dos DVD´s (onde adoras mexer e tirar tudo para fora), a caixa da tv cabo (tens uma fixação no raio do cartãozito que nem te conto) e as garrafinhas miniatura de um dos poucos móveis que temos na sala. A esperguiçadeira agora só serve para trepares lá para cima. Sentar que é bom, não é contigo. Dás 5 de mão estendida e em riste, assim que te pedem! Já te pões em pé sózinha e com facilidade, aguentas-te uns segundos sem estares agarrada a nada, mas acabas por cair de rabiosque e nem tentas dar um passo.

Não gostas de comer na cadeira alta de refeição (bad luck que temos 2 iguais, uma em casa outra em casa dos avós e não usamos de todo). O que gostas mesmo é da cadeira portátil porque ficas como nós... À mesa. Queres comer sózinha com a colher, mas pegas na colher com uma mão, levas ao prato e com a outra mão metes mesmo a comidita à boca.

E provavelmente estou a esquecer-me de muitas, muitas coisas e vou precisar de editar este post algumas vezes.

E hoje, por ser o teu mensaniversário tiveste presentinhos: uma cadelinha linda, com uma trelinha, que ao puxar, abana a cabeça e ladra, um colar e uma pulseira todas janotas, uns ténis cor-de-rosa lindões e o papá acaba de chegar com uma pequena caixinha de música de canta os parabéns!

Que um dia possas ler-me, princesa. E perceber o quanto sempre foste amada!

Beijos,
Mãe

7 comentários:

Rita :-) disse...

Linda declaração de amor. E óptimo registo para mais tarde recordar!

Beijos,
Rita e Di :-)

PS - Ainda nao te descobri! Na verdade não tenho tempo :-/
Mas manda-me uma revista por Correi Interno que eu depois devolco-.te outra vez :-)
Rita Ferreira
Kanguru Ret. Pró-Activa
Edif. Xerox, Piso 0

bjs

Ana Raquel disse...

Parabens princesa pelos teus 11 mesinhos...
Tas linda e a crescer a olhos vistos!
Continua assim...
Bjocas grandes

Ana disse...

parabéns Maria!!! e que crescida que estás! beijokas minhas e do Gil

Cláudia disse...

parabens princesinha...
Agora é caminhar para o grande dia, que já só falta um mesinho :)

Beijinhos

Marlene e Simão disse...

Parabéns por mais 1 mês! Adorei ler este teu artigo a "transbordar" de amor, felicidade, baba...
Um grande beijinho.

Ni disse...

que registo tão bonito e sincero. eu sei que sentes tudo isto e muito mais. tens a filha que mereces porque és uma mae extraordinaria e da mesma forma que a maria é uma criança feliz, será certamente uma adolescente e adulta igualmente feliz. parabens patricia por estes 11 meses de descoberta em que te saiste lidamente. parabens marie, porque és um doce e nos derretes com o teu carinho, nos orgulhas com tanta habilidade e nos divertes com as tuas gargalhadas.

Rute disse...

:) Parabéns pelos 11 messinhos, passa a correr e eles crescem tão rápido..

Beijinhos