28/02/11

Raios partam!

Hoje de manhã peguei no meu carrinho e ao sair da garagem achei a direcção presa. Pelo caminho confirmei. Está mais do que presa. Faço um curva e o volante não volta à posição inicial. O marido já ligou para o stand e lá vai o meu smart visitar a oficina. Uma notícia destas logo a uma 2ª feira, faz o dia ficar ainda mais difícil de passar.

hoje li

"Há os que se queixam do vento. Os que esperam que ele mude. E os que procuram ajustar as velas."

dos Óscares

Não vi ainda uma imagem. Ouvi no rádio quem foram os vencedores das principais categorias. Não vi um único vestidinho. Tenho em casa 2 filmes que ganharam qualquer coisa para ver mas não prevejo fazê-lo nos próximos tempos.

26/02/11

Num dos passeios desta semana

A catraia esta semana fartou-se de passear. O tempo ajudou (sem chuva, que é o que se quer, mais quentinho e com sol). Na 3ª feira foi a Ponte de Lima com os avós e com os Tios Graça e António.






As fotos foram tiradas ao Tio António e hoje estavam no meu e-mail pela manhã!
A Maria que agora conta tudo, neste dia, disse-me: "Sabes mãe, as flores estão no jardim e as estrelas estão no céu! Foi o tio António que me disse!"

24/02/11

Sometimes I really don´t understand why

Um casal jovem. Já com um filho. Engravida. Antes do primeiro trimestre de gravidez o marido, num estúpido acidente de automóvel perde a vida. A gravidez continua. Suspeita de trissomia 21. Não confirmada pela amniocentese. É uma menina. Apesar dos apesares a vida continua. Uma filha na barriga a crescer. Um filho em casa. Apoio da família. Quase aos 9 meses. Hospital. A bebé vai nascer. E nasceu sem vida.
Infelizmente não é história... Não percebo o porquê. Revolta-me que a vida de alguém possa correr desta forma. Não imagino a dimensão da dor. Não imagino como a irá superar. Não imagino. E choro só de imaginar. Porque não me conformo. Porque não percebo o sentido. Não percebo o porquê. Não percebo como. Não percebo. Qual o propósito. E acho profundamente injusto alguém ter que passar por tudo.

cheira-me a boicote

Uma pessoa anda meses a adiar o início de uma dieta (necessária, muito necessária). Finalmente começa. Ao almoço só sopa. À noite jantar "normal" controlando as quantidades. Ontem correu bem. Hoje a sopa na tasca onde almoço são papas de sarrabulho. Ainda que gostasse (odeio) diria que para sopa a coisa é bem calórica... E não fazem uma sopa alternativa.

23/02/11

e estar a trabalhar

e a ouvir o relato... alto, bem alto!
Hoje devia mesmo ter trazido os meus head phones

uma grande asneirada

Ontem a Maria esteve calada menos de um minuto no nosso quarto. Estranhei e fui ver. Ela de mãos empastadas em creme do corpo (de boião, que é um que uso mais no Verão porque é muitooo hidratante) a pintar a parede com o creme, contente da vida! Cheguei e ela continuava e ainda me disse: "Estás a ver mãe? Estou a pintar com o creme?"
Mereceia que merecia ter ficado de castigo. Ou uma palmada no rabo que sabia bem que estava a fazer asneirada. Mas nem estive para isso. A parede ficou hidratada. Lá lhe disse que ficava triste quando ela fazia asneiras e ela respondeu-me com um beijo e um xi apertadinho. E resolvemos assim o assunto. O nosso, porque a parede foi limpa com um pano com água e parece-me que não ficou limpa. Hoje conto chegar a casa de dia para ver os estragos.

22/02/11

Querem comprar?

Há muito que deixamos de usar o ovo e o carrinho que compramos para a Maria. O carrinho é um Quinny Buzz3 Cinza Escuro e o ovo é da Maxi Cosi.
.

Se quiserem comprar é só enviar e-mail para aprincesamaria@gmail.com.

Adenda: VENDIDOS

18/02/11

ainda

Quanto a isto, dizer-vos que a meio do caminho para compra da chupa-chupa e de mão dada com a Cláudia, a Maria deu-lhe uma beijoca na mão e olhou para mim e sorriu. Quando quer, é um doce!

ontem para jantar

A bimby ajudou-me a fazer uns peitinhos de frango com sopa de rabo de boi e cerveja.
Há uns anos, fazia várias vezes esta receita, mas foi ficando esquecida.
Encontrei-a no forum bimby, adaptada e deitei mãos à obra. Já tinha saudades e sinceramente é tão rápido e simples e tão saborosa! Para acompanhar uma massinha cotovelos que fica deliciosa com o molho do frango.
 
Cá fica a receita:

3 peitos de frango (usei 2 que eram grandes e ainda sobrou)
1 cerveja (usei branca, mas prefiro com preta)
1 embalagem de sopa de rabo de boi (usei toda, mas da próxima meia chega)
100 gr de água (fui colocando já que tinha lido que o molho ficava fino, mas necessitei se calhar até de mais do que os 100gr)
sal q.b.(não usei sal nenhum que a sopa já é para lá de salgada)

Preparação:
Deitar no copo a cerveja e a sopa de cebola e programar 3 min., 37º, vel. 4 ( a sopa tem que ficar bem desfeita).
Juntar o frango cortado em pedaços, a água e o sal 25 min., 100º, vel. colher inversa.

gaja que é gaja




Tem 2 anos. Vais às compras ao shopping com a mãe. Compra umas botas lindas, em super saldos. 1 tamanho acima do que calça, porque em breve vão servir (I hope). Chega a casa da avó e mostra orgulhosa as botas. E só se cala, quando finalmente consegue que lhe tirem as etiquetas e as mete nos pézinhos. E vai contente e feliz da vida, passeá-las. E nem adianta que lhe digam que não fica bem com aquela roupa. E que estão grandes.

não me conformo

De cada vez que leio uma coisa destas, fico com o coração tão apertado. Piorou depois de ter sido mãe. Muito. Tenho sempre vontade de correr para perto da Maria e agarrá-la o quanto posso e cobri-la de beijos e dizer que não faz mal que faça birras de quando em vez e que não queira adormecer cedo.
Sinto-me impotente. E acho injusto. Ninguém devia passar por isto. Pior. Nenhuma criança devia passar por isto. Há uns tempos, soube da história da Carmenzita. Tornei-me dadora e arrastei comigo todos quantos consegui. Fomos 7 fazer a recolha numa chuvosa e fria tarde de sábado. Até o Filipe que odeia agulhas foi e portou-se à altura. A Carmen encontrou um dador e está a recuperar. E eu acredito na cura. Acredito. Acredito que se todos formos dadores as hipóteses se multiplicam. E acredito que o Duarte vai encontrar o seu dador. Se ainda não estão inscritos como dadores de medúla óssea, façam um favor a vocês próprios e corram a fazê-lo. Não custa nada. Não dói nada. E pode salvar uma vida.

mais olhos que barriga


Ontem o final da tarde

Foi uma animação. Café marcado estrategicamente junto de um parquinho num shopping muito pouco movimentado. Quando lá chegamos já lá estava a Carla, com o fofo Rodrigo, que estava tranquilo e com fomeca :) E a Ana e o Gil que já brincava no escorrega. Entretanto uma chamada da Gambozina dava a má notícia de que não iriam já que estavam a caminho do pediatra com o João. A Maria cantou até chegar ao parque de estacionamento: "e eu vou estar com os meus amigos! E eu vou brincar no escorrega! E eu vou dar beijinhos ao Afonso e à Sofia!". Quando chegamos, assustou-se e escondia-se por trás das minhas pernas. Sol de pouca dura. Pouco depois vimos chegar a Sónia e a doce Sofia. Que chamou pela Maria assim que chegou e até emprestou a sua boneca sininho à minha peste. E toca de tirar os sapatos e ir correr para o parquinho. Pouco depois a Cláudia e o Afonso chegaram. A Maria reconhece bem a Cláudia e o Afonso, porque estamos mais vezes juntos e a verdade é que tem pelo Afonso uma fixação daquelas. Agarra-o, dá-lhe beijos. E ele foge o quanto pode. Foi a loucura. Correram, brincaram. E nós conversamos, sem café (já é habitual) e sempre atentas porque de quando em vez lá se pegavam porque queriam brincar com a mesma coisa, ora a Maria corria cá para fora a dizer que estava "tiste, porque a Xofia já não gotava dela e não queria bincar". Foi muito, muito divertido. Beberam sumo (a Maria espetou com o dela no chão, a meio da coisa) e os ténis do Afonso que o pisaram faziam xlap, xlap. E continuavam a correr. A Maria pediu para ir à casa de banho mudar a fralda com o Afonso e foi tão engraçado vê-los ali deitados lado a lado a olharem os desenhos no fraldário, cúmplices nas brincadeiras. E nessa altura já a Maria me tinha trocado pela Cláudia e ia de mão dada com ela, a dizer que ia comer um chupa (e pelos vistos depois disse-lhe que depois do chupa iam comprar gomas!) E já só com a companhia da Cláudia e da Sónia, ainda andaram de carrossel (o Afonso queria, mas depois arrependeu-se) e a Cláudia correu a comprar os prometidos chupas. Tirei a Maria do carrossel e recebi de volta um "ei não és tu!" e lá correu para a mão da Cláudia. E do nada, pergunta-me: "O gelo? Já foi embora?" Queria ela dizer, o Gil e lá lhe expliquei que sim, que já tinha ido.
Vir embora foi mais complicado. A Maria não queria, a Sofia não queria e lá acabamos por nos despedir a correr, dizendo aos meninos que o shopping ia fechar e que iam apagar já as luzes.
E a Maria foi todo o caminho até casa a dizer que tinha sido muito divertido e que gostava muito dos amigos! E prometi.-lhe que para a semana repetimos.
Venham de lá dizer que a blogoesfera é um sítio escuro onde as pessoas são todas más. Há de tudo. Como no mundo. E eu tive a sorte de conhecer algumas pessoas fantásticas.

P.S. E eu que levei máquina fotográfica, ainda cheguei a pegar nela, mas voltei a guarda-la sem tirar uma única fotografia.
P.S2 A cada criança que chegava ao parquinho era ver a Maria correr na minha direcção e perguntar "Quem é aquele mamã?" Afinal eram todos amigos e quem chegava também devia ser! E perguntava o nome a todos os meninos e tentou explicar-me que um se chamava "Eduado" e eu a pensar que ela estava a dizer que estava de lado...

Outro sábado. A mesma praia






17/02/11

das pesquisas idiotas

e com esta me tramaram...
 
نيك طيز

Receita cheesecake: precisa-se!

É seguramente dos meus doces preferidos, mas nunca me imaginei a fazê-lo. Entretanto, com a entrada da Bimby na minha vida, estou com vontade de experimentar mas encontro tantas receitas que nem sei para onde me virar. Como nunca fiz na vida, não faço ideia do que será melhor.
Sei que gosto da base com bolacha e não com bolo (como vi alguns). Gosto que o meio fiquei ligeiro e sem sabor acentuada a queijo... Alguém dá uma ajudinha? Que receita fazem?

Num passeio pela baixa

Vimos alguns cartazes, como estes, colados pela Rua de Santa Catarina.

Adorei, pois claro. E espero que o Jim tenha aceite o copo de vinho da Maria. Já o marido acha que a Maria é um bar e aquilo é publicidade. Eu vejo a coisa pelo lado romântico. Uma Maria, apaixonada por um Jim que o convida para um copo de vinho.

trabalhar num open space tem destas coisas

Ao fundo da sala, um telefone a tocar. Colega diz: "Puxa aí a chamada e diz que eu não estou". Na outra ponta outro colega: "A. Sou eu! Atende!"

estão mesmo preparados?

Hoje pela manhã, a Maria acordou minutos antes de sair de casa, com ela ao colo, carteira, saco com tralhas, enfim, carregada como um burro. Entramos no elevador e ela meia a dormir viu entrar um cão patusco. Riu-se mas não lhe passou muito cartão. Digo-lhe: "Já viste o cãozinho, Maria? Não lhe queres dizer bom dia?". Resposta: "Não. Não posso. Porque logo vou ficar muito cansada, porque vou correr e brincar com os meus amigos!".
Sim ela sabe que hoje vai estar com uns miúdos para lá de giros, sabe os nomes e tudo e está delirante!
Amigas, estão mesmo preparadas?!? Eu já estou a ver que vou andar o tempo todo a correr atrás dela para controlar o furacão!

Numa manhã de sábado com sol





my rock star



16/02/11

Um escorrega improvisado na sala


é mesmo assim

a sério que ainda há quem se case por este motivo?

Ontem tive uma acção de formação em direito aplicado ao comércio internacional.

O formador era uma pessoa bem disposta. Com os seus sessenta e qualquer coisa anos. Bem apresentado. Bem falante.

O tema não era assim dos mais atractivos do mundo, mas o senhor lá foi conseguindo manter a audiência atenta, porque ia dizendo uma ou outra piada. Inteligentes por sinal.

Até que por se estar a rir, diz que acha que a vida deve ser levada com alguma ligeireza e a rir sempre. Concordo. Disse que a mulher lhe estava sempre a dizer que se ria muito. E que fazia movimentar uns quantos músculos. Faz uma pausa e diz que é casado pela 2ª vez. Há 4 anos. Ninguém perguntou mas ele quis partilhar. E do nada diz: Sabem a minha primeira mulher faleceu e eu não podia ficar sozinho. É que nem estrelar um ovo eu conseguia…

Ora não ouvi mais nada do que disse. Então o raio do homem, vai dizer uma coisa daquelas como se fosse uma grande coisa? Amigo, um conselho: compre uma bimby! Ou contrate uma empregada lá para casa. É que se esse foi o motivo que o levou a casar novamente, tenho para mim que não irá ter uma vida muito animada!

how do you think I am?

Já anda por muitos dos blogs que mais gosto de ler e como é bom falarmos de nós, é também bom perceber como nos "vê" quem nos lê. Sintam-se desafiados a dizer o que pensam de mim.
Prometo que o lápis azul não fará das suas...

hoje ao sair de casa

O chão estava molhado. Muito. O céu de um cinzento bem carregado. Não chovia. E não apanhei chuva no curto trajecto até à empresa. E melhor foi estar a meio do caminho e receber os bons dias de um arco-íris.

os hate blogs chegam ao mundo dos tachos

Completamente por acaso, fui aterrar a um hate blog sobre os blogs culinários. Bem que não brincam em serviço. Ao lado disto, até vos digo que a blogoesfera cor-de-rosa que cai sempre em cima da Pipoca Mais Doce, é brincadeirinha.
Mas se vos disser que não concordo com algumas coisas que ali são ditas, vou mentir. Há por essa blogoesfera (e os blogs de culinária não são excepção) muita gente que mostra o que não é. E muita gente que tem como único objectivo ganhar algo com o blog. Nada contra. Desde que o objectivo seja claro.
Agora à custa dos incautos ganhar dinheiro a ser boazinha e mandar especiarias ou açucar gelificante por correio, cobrando o dobro do preço que elas custam em qualquer sítio parece-me absurdo. O mesmo com o mítico dispara biscoitos.
Claro que só compra quem quer, mas a verdade é que ainda há muita gente ingénua...

a Maria ontem fez a sobremesa

Para ela e para o papá. Sei que pode parecer estúpido fazer um pudim boca doce na Bimby, mas acho tão chato estar a mexer e mexer e o pudim a colar ao tacho que os faço muito poucas vezes, embora o marido adore. Na semana passada comprei 4 sabores diferentes.
Ontem a Maria escolheu fazer o de morango para o papá. E com a Bimby são 12 minutos e está feito.
É só colocar meio litro de leite, 100g de açucar e o preparado do pacote na Bimby. 12 minutos, temperatura 90º, velocidade 2 e 1/2. E ao fim dos 12 minutos voilá, temos boca doce.
Coloquei em tacinhas individuais para solidificar mais rápido e a sobremesa agradou ao pai e à Maria (pudins não é comigo).

quem me manda ser tão curiosa?

Já sei quem venceu a season 8 do the biggest loser. Fiquei de boca aberta porque nem reconhecia a pessoa em causa. Ontem dei a boa nova ao marido. Não sem antes perguntar se queria saber. E ontem vimos o programa e eu não parava de olhar para o vencedor e perguntar como, como vai chegar à final absolutamente diferente.

coisas que nem eu sabia sobre mim





Gosto de chavetas. Lembram-me música.
Odeio matemática.

15/02/11

o bolo do dia

Este é o bolo que mais tenho feito. É simples rápido e dá para um lanche ou para o pequeno-almoço. Tenho em casa iogurtes naturais cujo prazo de validade está pertinho do fim e este fim-de-semana fiz duas variáveis.
Um com canela. Outro com chocolate em pó (Suchard Express que é o que usamos lá em casa).
Ambos fabulosos e nada secos, apesar de levarem pouca gordura.
A base é sempre a mesma:

1 Iogurte (usei natural, mas pode usar-se de fruta e já fica o bolinho com o aroma);
2 Med. copo iogurte de açúcar;
2 Med. copo iogurte de farinha;
1 C. Sopa de fermento em pó;
3 Ovos;
2 C. Sopa de óleo;
1 C. chá de canela/chocolate...(é à vontade do freguês);
1 pitada de sal fino.

Pulverizar o açúcar.Colocar a borboleta e adicionar os ovos. Programar 6 min., Vel. 4.
Retirar a borboleta.
Adicionar o iogurte, o óleo, a canela e o sal. Programar 12 segundos, Vel. 4.
Adicionar a farinha e o fermento e programar 3 seg. Vel. 4. Se ainda houver grumos de farinha programar mais 2 ou 3 segundos na mesma velocidade.
Vai ao forno pré-aquecido a 180º
Receitinha do Forum Bimby

o biggest loser

Lá em casa somos viciados neste programa. Tanto que na semana passada em que sabia que não ia conseguir ver nem um episódio, toca de gravar tudo. Começamos no fim-de-semana a ver e ontem vimos mais 2 episódios.
A Abby (é a Tracy, obrigada pelo alerta!) é maluca ou sou só eu que acho? E aqueles dois senhores enormes, da equipa vermelha, deram uma lição de vida a tanta gente...

tão pequenina e já a sabe toda

Ontem a Maria não se portou particularmente bem. Vai daí o papá decidiu que ia ficar de castigo e não ia ver os desenhos animados que tanto adora, no computador rosinha, antes de dormir. Ela piscava-lhe os olhos e agarrava-se ao pescoço e dizia-lhe com o ár mais delicodoce do mundo: "Gosto tanto de ti! És o melhor papá do mundo! Queres que te faça uma massagem?" E tunga massagem e beijinhos e festinhas. Eu a rir-me às escondidas e o Filipe qual duro que não cede dizia-lhe que não. Em desespero a Maria decidiu que eu seria a sua aliada. Veio ter comigo a sussurrar e disse-me: "Vamos dar beijinhos ao papá? E festinhas?" E fomos, as duas. E no fim, a reguila olhou para o pai e disse-lhe "Pronto. Vai lá buscar o computador que eu deixo..."

do segredo

"The Universe is completely and utterly in love with you. No matter how many mistakes you make, no matter where you are in your life, no matter what you think of you, the Universe loves you for all eternity"

e a trovoada?

Adormeci tarde que a Maria ontem queria festa e mais festa.
Dormi mal. Acordei mil vezes. Mas quando começou o estafermo da trovoada quase dava um salto da cama. Odeio trovoada. Tenho medo. Sim, isso mesmo. Tenho medo.
Ouviram? Felizmente fui a única a acordar lá em casa...

14/02/11

o facebook tem coisas engraçadas

E uma delas foi encontrar um grupo da minha escola primária. E ver fotos de pessoas que não via há tantos anos.
E ver lá uma foto da minha turma, dos meus coleguinhas, da minha professora.

desafio

A J passou-me o desafio e cá fica algo que me obrigou a pensar.

7 coisas que tenho de fazer antes de morrer:
Não sei se são coisas que tenho que fazer,  mas são coisas que gostava de fazer antes de morrer:
  • Escrever um livro
  • Conhecer o mundo
  • Adoptar uma criança
  • Ser patroa de mim própria (em conjunto com uma amiga especial e até sabemos o que queremos e tudo)
  • Ver a minha filha crescer feliz e tornar-se num ser humano maravilhoso
  • Participar numa missão humanitária
  • Estar presente em cada momento importante daqueles que amo e com eles construir momentos importantes
7 coisas que mais digo:
  • Não
  • Olá princesa
  • Sai da frente (no trânsito… raio de feitio o meu)
  • Maria
  • Obrigada
  • Gosto de ti
  • Bom dia
7 coisas que faço bem (ou que acho que faço e isso é que importa):
  • O meu trabalho
  • Mostrar quando gosto e quando não gosto
  • Mimar a minha filha
  • Ir às compras (venha de lá o euromilhões!)
  • Decorar a minha casa
  • Uns petiscos
  • Domar o meu cabelo
7 qualidades:
  • Sou frontal
  • Sou sensível
  • Sou teimosa (esta vai também para a dos defeitos)
  • Sou organizada
  • Tenho um raciocínio muito rápido
  • Tenho bom coração
  • Sou muitooo curiosa
.
7 defeitos:
  • Sou respondona (o pobre pode ir sem esmola, mas não vai sem resposta)
  • Sou teimosa
  • Sou mandona
  • Sou nervosa
  • Penso muito com o coração
  • Tenho dificuldade em acatar ordens de pessoas que não admiro
  • Tenho tendência natural para ver o copo meio vazio (que contrario à força toda)
7 pessoas que vão responder:
Não vou nomear ninguém embora confesse que gostava muito de ler mais sobre vocês. Se ainda não responderam, está na hora!

esta noite

Dormi mal. Adormeci tarde. Tinha dormido durante a tarde com a Maria e à noite o João pestana não chegava. Nem para mim, nem para ela.
Lá acabei por adormecer. Mas tive dores nas costas. Dei mil voltas na cama. Acordei vezes sem conta.
Já de manha e depois do despertador me acordar a primeira vez, tive um sonho para lá de estranho.
Estava em casa da minha avó. No quarto dela. No meio das duas camas. Sentada e ela também. O Benfica ganhava 2-0 ao Porto (felicidade!!!) e nós gritamos as duas os golos. Ela estava igual. A casa estava igual. O cheiro era igual. E sei que estava meio a dormir e ela veio cobrir-me com uma manta. Mas desta vez a manta que usou foi uma laranja que é da Maria e tem uma menina bordada. Nesse momento interroguei-me no sonho, como estava ali a manta, se já existia Maria, se a minha avó estava ali. E acordei. E pensei que apesar dos apesares é bom ter sonhos assim. Em que posso estar ali

porque hoje é dia dos namorados

Não sou dada a dias. A datas. A comemorações com data marcada. Ai e tal hoje é dia dos namorados, portanto todo o mundo deve ser dengoso e meloso e os corações vermelhos devem ser espalhados e tal e coisa e coisa e tal. Forget. Não acho piada. Tirando aniversários, Natal e passagem de ano, as outras festas impostas dizem-me muito pouco. Muito pouco mesmo.
Mas se foi sempre assim? Claro que não! Lembro-me dos meus tempos de adolescente (mais ou menos inconsciente) em que recebia cartões e bonequinhos fofos com corações agarrados e achava fantástico. Passou-me. Rápido.
Hoje não o comemoramos. Já há algum tempo que este é apenas mais um dia.
Mas hoje, ao acordar rabugenta pela manhã, tinha, na casa de banho onde me visto, um envelope fechado que dizia apenas "Para ti". Não o vi logo, confesso. Estava em piloto automático a perguntar-me porque raio não tinha adormecido cedo ontem e porque é que tinha dormido mal, porque é que estava a chover, frio e não me apetecia nada levantar e sair de casa. E depois vi o envelope.
Uma carta linda. Nossa. Escrita por alguém que sabe absolutamente de cor. Que me escreveu talvez porque aqui me lê todos os dias. E porque leu que eu tinha saudades de receber uma carta de verdade. Não um e-mail. Não uma carta impressa. Uma carta, escrita à mão. E foi isso que me fez sorrir. Saber, ter a certeza, de que, apesar de pareceres aéreo, de pareceres morar no mundo da lua, me lês e vais absorvendo. E hoje, senti-me a voar quando te li. Porque sim, me conheces muito bem. Porque sabias o efeito que teria em mim, ler-te. Porque sabias que eu ia gostar. Porque sabias que mais do que gostar, precisava hoje de ti. De te ler assim. De cada uma daquelas palavras.
És essencial na minha vida. Ontem. Hoje. Amanhã.

tens a minha morada?

uma ideia para o dia dos namorados

O que dizem? Uma sanduiche ou um bolinho cortado em forma de coração?
A mim parece-me tão bem...

11/02/11

bom fim-de-semana!!!!

mas porquê?

Porque raio sempre que estou chateada ou stressada só me apetece comer chocolates? Ou bolos docinhos? Porquê? Podia apetecer-me comer uma sopinha. Ou uma fruta, vá.

Quero uma almofada assim

hoje li

"Tudo que está no plano da realidade já foi sonho um dia."
 Leonardo da Vinci

hoje

senti necessidade (ia escrever vontade, mas foi bem mais do que isso), de escrever para ti. Apenas para ti. No cantinho que é só nosso. E não conheces. E não conhecerás até que tenhas idade suficiente para perceber tudo o que te lá te tenho dito.
A mamã adora-te princesa. Lembra-te sempre. Sempre.

não fossem

os posts agendados e este blog teria estado morto esta semana...

Foi uma correria. Estou cansada. Muito, muito cansada. Mas o importante é que correu tudo bem.

e ainda mais

tens a minha morada?